Experiência do usuário: 7 erros comuns que afetam seus resultados

Experiência do usuário: 7 erros comuns que afetam seus resultados

Todas as áreas da sua empresa podem se beneficiar por uma boa experiência do usuário. Esse conceito serve para direcionar os esforços adequados em sua estratégia para garantir mais qualidade nas interações com os clientes ao mesmo tempo em que se mantém fiel à proposta do seu negócio.

Experiência do usuário é um termo utilizado para se referir ao contato que as pessoas têm com um produto ou serviço. Se essa interação é positiva, todos ganham: o cliente sai satisfeito e a empresa conquista aquela venda ou contratação. Do contrário, todas as partes ficam frustradas e fica difícil reconquistar a confiança.

Existem diversos aspectos da sua empresa que precisam ter a experiência do usuário bem analisada para garantir sempre uma interação de qualidade com o seu público. Em muitos casos, são detalhes que podem passar despercebidos por você, mas que possuem um impacto decisivo em sua audiência. Então, é essencial dedicar um tempo para trabalhar nisso.

Conheça 7 erros comuns de experiência do usuário que afetam seus resultados e como evitá-los:

1. Falta de conhecimento sobre o público-alvo

O perfil do seu cliente é o que vai determinar as decisões que você precisa tomar durante a estruturação de todos os elementos do seu negócio. Afinal, todo o propósito da experiência do usuário consiste em tornar o seu serviço mais fácil de usar pelas pessoas que têm contato com ele. Sem conhecer esse público, fica difícil pensar nas ações corretas.

Conhecendo o perfil da sua audiência, você entenderá quais são as suas principais necessidades. Essa informação é extremamente valiosa, pois ajuda a definir as prioridades da sua estratégia. Se você sabe exatamente do que seu cliente precisa, você pode preparar o terreno para que o acesso dele seja mais facilitado.

2. Layouts que não são responsivos

O uso de smartphones já se tornou bastante comum em diversas partes do mundo. Então, essa realidade precisa ser considerada ao pensar em experiência do usuário. Tudo o que a sua empresa produz no meio digital tem que funcionar corretamente em qualquer tipo de aparelho, senão você arrisca frustrar potenciais clientes.

Um layout responsivo é capaz de se adaptar adequadamente dependendo do tamanho de tela do visitante. Não é mais necessário criar uma versão do seu site somente para celulares, o que costumava demandar tempo extra de produção e tornava todo o processo mais caro.

3. Formulários longos demais

Quantos dados você costuma pedir do seu cliente para que ele consiga adquirir seu produto ou contratar seu serviço? Pode parecer um detalhe, mas é possível que você esteja perdendo muitas vendas por conta de um formulário de cadastro longo. Será mesmo que você precisa de tantas informações?

Leve em consideração o que é absolutamente necessário para estabelecer um vínculo com aquele cliente e poder proporcionar o serviço a ele. Pense no que você sabe a respeito do perfil dessas pessoas para supor o tamanho ideal de um formulário sem que cause frustração ou cansaço.

4. Nenhum foco em otimização

Uma boa experiência de usuário também inclui a habilidade de navegar pelo seu site com velocidade. Poucas pessoas têm paciência para aguardar um carregamento longo demais e logo passarão para o concorrente em busca de um serviço de mais qualidade. Felizmente, existem formas simples de garantir sucesso nessa área.

Otimizar seus elementos significa olhar para cada parte do seu conteúdo e aplicar métodos para que tenham menos impacto. Ou seja, imagens devem ser comprimidas para terem um tamanho de arquivo menor e, assim, carregarem mais rápido. O seu código-fonte também precisa ser enxuto, sem partes desnecessárias.

5. Ausência de um bom CTA

Imagine a seguinte situação: o seu cliente em potencial chega até o seu site e é bombardeado com uma infinidade de informações. Sem saber bem o que fazer, acaba visitando algumas páginas internas e, ainda confuso, decide sair. Isso pode estar acontecendo com frequência e impactando severamente o seu sucesso.

A saída é simples: deixe bastante óbvio qual é o caminho a seguir. Isso pode ser um botão grande na sua página inicial com um call-to-action (CTA) que representa exatamente o que o seu público está precisando. Elimine qualquer excesso que possa confundir ou tirar o seu visitante da rota em direção à conversão.

6. Não realizar testes

Experimentos são os principais aliados da experiência do usuário, já que não é possível adivinhar tudo a respeito do seu público-alvo, e os testes ajudam bastante a definir os caminhos a seguir. Você precisa criar o hábito de planejar esses momentos e captar corretamente os dados obtidos a partir deles.

Por exemplo, experimente mover alguns elementos do seu site para outro lugar, que você imagine ser mais acessível. Depois, comece a monitorar possíveis mudanças nos seus resultados. Eventualmente, faça um balanço dessa mudança para definir se foi positiva.

7. Abrir mão de aprimoramentos periódicos

Todas essas dicas são extremamente valiosas para você melhorar a experiência do usuário nos serviços da sua empresa. No entanto, isso não significa que esses esforços devem ser realizados apenas uma vez. Para sempre trazerem bons resultados, eles precisam ser recorrentes.

Crie o hábito de rever todos esses pontos periodicamente, tomando nota de possíveis mudanças e sempre pensando em soluções cada vez melhores. Somente assim você poderá se manter em um caminho de constante progresso.

A experiência do usuário é um dos elementos mais importantes da manutenção da sua marca. Além de garantir a satisfação daqueles que já são seus clientes, também contribui para que seja possível conquistar ainda mais público. Significa analisar cada aspecto dos seus serviços para se certificar de que são capazes de agradar as pessoas.

Lembre-se de que esses esforços destacados acima não devem ser realizados apenas uma única vez. Em vez disso, precisam ser contínuos. Você nunca pode parar de aprimorar a experiência do usuário da sua empresa já que todos os dias podem surgir novas tendências a considerar e elementos para implementar.

Se tudo isso parece trabalhoso demais, a solução está em contar com uma agência para ajudar nessa tarefa. O contato com profissionais especializados será decisivo para que as ações certas sejam planejadas e executadas da maneira correta. Aproveite todo o potencial dessa parceria para se destacar cada vez mais em sua área de atuação.

Quer continuar em contato com mais novidades e dicas como essas? Basta cadastrar o seu e-mail para começar a receber a nossa newsletter diretamente em sua caixa de entrada.

blog_finalpost

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X Cadastre-se Faça seu cadastro e receba no seu email tudo sobre marketing digital! Não enviaremos spam!