4 dicas para quem deseja vender na internet

Muitas empresas querem aumentar as vendas com a ajuda da internet, mas pouquíssimas sabem por onde começar. Pensando nisso, separamos 4 dicas básicas, mas essenciais, para que você tenha uma boa ideia de quais devem ser os próximos passos da sua empresa para começar uma jornada on-line e vender na internet.

Como começar a vender na internet

O primeiro passo é definir se você ​quer, além de uma loja presencial, ter um espaço para vender seus produtos na internet ou se apenas deseja criar uma presença on-line para receber mais pedidos de orçamento e visitas à sua loja.

O e-commerce certamente é uma boa aposta. Estatísticas apontam que, até o fim de 2016, o e-commerce brasileiro terá um crescimento de 8% e movimentará cerca de R$ 44,6 bilhões. Bela fatia de mercado, não é?

Apesar de ainda ter muito espaço nesse mercado, saiba que o público on-line é bem exigente quando o assunto é experiência do consumidor, e o amadorismo pode prejudicar bastante a sua empreitada digital.

Com ou sem um e-commerce, é bom ficar ligado nos seguintes aspectos:

1. Usabilidade do site ou loja

Sites lentos ou com navegação complicada lhe prejudicam principalmente porque acabam com a paciência do consumidor, que fecha o site e simplesmente parte para o seu concorrente.

Isso normalmente ocorre com os usuários de mobile, pois muitos sites e e-commerces não foram criados pensando nesse público, que segundo dados é responsável por quase 20% das vendas on-line no Brasil.

Resumindo, dê bastante atenção à criação e manutenção de suas plataformas on-line.

2. Use o marketing de conteúdo

A tendência é que o público fique cada vez menos receptivo às estratégias de marketing invasivas, como propagandas com promoções ou que aparentem estar forçando a venda a qualquer custo.

Hoje as pessoas buscam por informação, por dicas de como aproveitar um produto, benefícios de um determinado serviço, enfim, elas querem sentir que estão adquirindo algo útil e de qualidade.

A internet nos dá a chance de trabalhar esse lado dos produtos ou serviços, mostrando suas vantagens e desvantagens para que o público veja se aquilo é ou não para ele.

Esse trabalho é feito por meio de conteúdos de qualidade, no formato de textos, vídeos ou infográficos, por exemplo, que servem como uma maneira de conversar com o público, dando dicas e tirando dúvidas. E um ótimo lugar para disponibilizar esse conteúdo é em um blog da empresa.

Isso torna o processo de compra bem mais amigável e, em certos casos, faz com que pessoas que procuram por um certo benefício acabem encontrando aquilo que você está ofertando.

O marketing de conteúdo é, definitivamente, uma ótima estratégia complementar para e-commerces.

3. Trabalhe com SEO

O SEO, ou seja, o trabalho de otimização para motores de busca, tem como objetivo que o seu trabalho de marketing de conteúdo seja encontrado com mais facilidade durante as buscas em sites como o Google. Adotar essa estratégia é uma boa forma de reduzir custos com anúncios on-line.

4. Funil de vendas

Algumas pessoas entram em uma loja porque já querem comprar e estão apenas pesquisando o preço, outras resolvem entrar porque viram algo na vitrine.

O ponto é que essas duas pessoas estão em diferentes momentos de compra e por isso precisam ser abordadas de maneiras distintas para que você consiga fechar a venda.

O mesmo ocorre na internet, e chamamos isso de funil de vendas, uma metáfora que representa os diferentes estágios de venda do consumidor. Os conteúdos produzidos para o seu blog precisam estar alinhados com esses estágios, pois cada conteúdo funciona como se fosse um vendedor da sua loja falando com um cliente.

Ignorar o funil de vendas pode colocar a perder todo o esforço do SEO, do marketing de conteúdo e até dos anúncios on-line.

Tem mais dúvidas sobre como vender na internet? Deixe um comentário aqui e responderemos sua dúvida o quanto antes. Boas vendas!

3 Comentários em “4 dicas para quem deseja vender na internet

    1. Olá Daniel!

      Caso o objetivo da sua empresa seja gerar negócios online (como é o caso da maioria das empresas), é importante que todos os conteúdos que você trabalhe no facebook tenham como objetivo levar o usuário a visitar a sua página e realizar uma conversão.

      Para que isso ocorra, invista em conteúdos atrativos e de qualidade. Vale também promover as postagens para alcançar uma maior base de usuários. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *