Aprendizados em marketing digital: nossa caminhada em 10 anos de agência

Em 2018, nós completamos dez anos de agência. Nessa primeira década de trabalho árduo, muitos clientes e diversas experiências, aprendemos coisas incríveis que transformaram a nossa forma de pensar, trabalhar e, claro, nosso objetivo e posicionamento diante o mercado de marketing digital.

Considerando todas as mudanças e aprendizados que tivemos ao longo desses anos, decidimos contar mais sobre nossa experiência e tudo o que mudou dentro da Flammo.

A importância da equipe

1. A importância da equipe

O nosso primeiro aprendizado é um reflexo de como trabalhamos hoje. Acreditamos que a equipe é a peça chave de uma organização, e ela precisa ser devidamente estruturada e valorizada.

Nesse primeiro aprendizado, encontra-se um dos maiores diferenciais da Flammo: nossa equipe é composta por pessoas que já possuem pelo menos cinco anos de experiência no mercado. A rotatividade de colaboradores é mínima, considerando que a maior parte da nossa equipe está na agência há pelo menos cinco anos.

Na Flammo, acreditamos que a valorização da equipe é um processo completo, que passa por várias áreas:

  • remuneração;
  • incentivo interno;
  • liberdade de criação;
  • assumir responsabilidades;
  • investimento em educação;
  • criação de um ambiente de ajuda e conversa;
  • identificar o ser humano, e não esperar o desempenho de uma máquina.

O recrutamento feito de forma correta também é um fator decisivo: é preciso alinhar todas as expectativas antes do momento da contratação, para que nem a empresa e nem o colaborador esteja esperando algo que não será entregue.

Trabalhamos com o máximo de transparência, para garantir que todos estejam de acordo e por dentro do que é a agência,o que temos a oferecer e o que precisamos por parte da equipe.

Confiança não é dada, é conquistada

2. Confiança não é dada, é conquistada

Esse é um dos pontos que as empresas mais demoram para aprender. “Como é que o meu serviço, que é tão bom, não desperta a confiança do cliente?”.

A verdade é que a confiança não é dada, é conquistada. No mercado, precisamos posicionar nossa empresa de forma a passar confiança e credibilidade para os clientes, nos tornando referências reais do que prezamos, fazemos e acreditamos.

Essa confiança pode ser conquistada de diversas formas:

  • através de um bom posicionamento de mercado, onde sua empresa se torna referência e é bem vista por possíveis parceiros e clientes;
  • através de indicação de clientes satisfeitos.

Na primeira opção, é fundamental que a sua empresa trabalhe o posicionamento de mercado através de conteúdos e comunicação bem assertiva. O SEO é uma excelente ferramenta de trabalho e, se bem estruturado, pode aumentar a sua credibilidade e transformar sua empresa em referência, facilitando o processo de conquista de confiança.

A confiança vinda nesses casos só é 100% estabelecida com a transparência e entrega de resultados que fazem sentido para os clientes.

Na segunda opção, a confiança vem através da indicação de clientes satisfeitos. Nesse momento, é preciso dar atenção e ter cuidado com a forma com que você se relaciona e trabalha com seus clientes.

Os seus clientes são a sua maior fonte de indicação e receita. Através das indicações vindas de pessoas que são atendidas por você, é possível reduzir o CAC e aumentar os lucros.

Assumindo a responsabilidade

3. Assumindo a responsabilidade

Uma coisa é fato: ninguém gosta de assumir a responsabilidade por algo que está dando errado. No entanto, o que separa os meninos dos homens é a capacidade de se responsabilizar, aceitar as consequências e estar na linha de frente quando as coisas vão bem e quando as coisas vão mal.

Em assumir a responsabilidade, existem várias abordagens:

  • assumir as responsabilidades da sua agência, o que significa estar ciente de quais ações você pode ou não oferecer para os seus clientes;
  • assumir as responsabilidades quando ocorrem erros;
  • assumir as responsabilidades quando o briefing não é bem feito;
  • assumir as responsabilidades quando uma ação não deu certo;
  • assumir as responsabilidades quando as tarefas não forem delegadas às pessoas corretas;
  • assumir as responsabilidades quando o alinhamento não foi feito corretamente;
  • assumir as responsabilidades na definição de metas.

Ao assumir as responsabilidades, também ajudamos a aumentar a credibilidade, ganhando ainda mais a confiança do cliente.

Entendendo a dor do cliente

4. Entendendo a dor do cliente

Entender a dor do cliente é um dos pontos mais críticos para quem trabalha no mercado de comunicação. Sem esse entendimento, é impossível realizar uma ação bem estruturada e com um bom direcionamento, que realmente traga resultados.

Para que você tenha cada vez mais sucesso em suas estratégias e ações de comunicação, é necessário desenvolver a habilidade de identificar:

  • as maiores necessidades do seu cliente;
  • as maiores ansiedades do seu cliente;
  • o que o negócio dele realmente precisa;
  • quais são suas maiores expectativas.

As reuniões de briefing e alinhamento ajudarão a coletar essas informações. No entanto, algumas coisas acabam ficando subjetivas e nas entrelinhas, o que exige um pouco mais de atenção e cuidado no momento da conversa.

Expectativas podem matar um projeto

5. Expectativas podem matar um projeto

É preciso ter cuidado com as expectativas. “Expectativas podem matar um projeto” foi o nosso quinto aprendizado, e entendê-lo irá te ajudar a ter mais clareza e precisão nas suas ações.

O alinhamento correto de expectativas é a base de uma parceria bem feita.

Nesse momento, a sinceridade é fundamental. É preciso ter clareza e transparência ao apresentar o que a sua agência sabe e pode fazer, e descobrir se está de acordo com o que a empresa do seu cliente precisa.

Se o que você tem para oferecer se encaixa com as necessidades dos seus clientes, ótimo.

Se não, é preciso deixar claro quais ações estão dentro do seu leque de opções e quais ele deve procurar em outros parceiros.

Urgências não existem

6. Urgências não existem

Quem nunca ficou desesperado porque possuía uma urgência, que atire a primeira pedra. A verdade é que as urgências não existem, e precisamos trabalhar esse fato como um mantra.

O conceito de urgência surgiu devido à busca pelo imediatismo. Quando nos prendemos à esse modo de trabalho, é comum mantermos uma rotina de “apagar incêndios”, sem que isso seja estratégico e/ou faça sentido para o atual momento da empresa.

Quando conversamos com um cliente e estabelecemos um objetivo de marketing e ações para alcançar esse objetivo, ele é nossa prioridade. Não deixamos ações paralelas, que seriam as urgências, atrapalharem o nosso foco no prêmio.

Um outro ponto que precisa ser entendido quando o assunto são as urgências é que não existem resultados claros se as ações não forem bem planejadas e mensuradas, e por isso é preciso manter o foco.

Se o seu concorrente está fazendo algo e você percebe que precisa “urgentemente” fazer aquilo, é preciso pensar: essa ação realmente vai impactar positivamente no meu objetivo de marketing? Ela irá trazer os resultados que eu espero, ou é apenas um impulso para não “ficar para trás”?

O valor da transparência

7. O valor da transparência

A transparência é um dos valores mais importantes em parcerias. Na relação agência-cliente, não é diferente. O caminho da transparência, inclusive, deve ser uma via de mão dupla: a agência precisa ser transparente com o cliente, e o cliente precisa ser transparente com a agência.

Nesse momento, a relação precisa ser estruturada da melhor forma possível: através da sinceridade.

A sua agência precisa ter a liberdade e confiança de apresentar seus principais diferenciais e limitações.

É muito comum encontrarmos agências que abraçam o mundo e prometem entregar diversas ações de comunicação para os clientes, quando na verdade não possuem domínio dessas práticas. O resultado? Uma bola de neve.

O ideal aqui é ter a consciência de que é preciso comunicar o que está dentro do seu leque de opções (o que você realmente é bom) e o que não está.

Além disso, é preciso trazer informações reais sobre o progresso das ações de marketing: quais foram os resultados, quais foram os problemas enfrentados, quais são os riscos, quais são as dificuldades.

Por outro lado, o cliente precisa ser transparente com a agência. Infelizmente, algumas empresas escondem informações que podem ser valiosas para a criação do plano de marketing. Quando o cliente confia em sua agência e dá a ela todas as informações necessárias para a realização do trabalho, os resultados podem ser mais satisfatórios.

Sem consistência não há resultados

8. Sem consistência não há resultados

Lembra quando falamos sobre urgências? Elas são as principais inimigas da consistência. E, como bem dito: sem consistência não há resultados.

Muitas ações de marketing funcionam à longo prazo. Dentro do inbound marketing e das ações de SEO, por exemplo, é preciso manter a frequência, o objetivo e não deixar a peteca cair.

É importante ter esse alinhamento junto aos clientes: deixar claro que o investimento é a longo prazo, e mostrar a ele a importância e o desempenho mês a mês para que ele continue confiando e acreditando no trabalho que estão fazendo.

O básico é avançado

9. O básico é avançado

Esse é um dos aprendizados que nós mais gostamos de reforçar: o básico é avançado. Quando os clientes acompanham as tendências do mercado e se atualizam, é comum exigirem estratégias mais avançadas e elaboradas de suas agências que, no medo de perder uma conta, se comprometem a entregar.

O que acontece? Comumente, as ações básicas ficam de lado. E, muitas vezes, as ações avançadas exigem que o básico esteja funcionando corretamente. Percebe a bola de neve em que entramos?

As ações básicas não devem ser subestimadas. Muitas vezes, elas trazem resultados tão significativos quanto ações avançadas, além de serem a base para tudo o que tange o marketing de uma empresa.

Nós aprendemos que antes de nos entregarmos à necessidade de fazer o diferente e “inventar a roda”, é preciso arrumar a casa: deixar o básico devidamente alinhado para, aí sim, entregar algo maior.

Especializar é preciso

10. Especializar é preciso

Depois de termos trabalhado com diversas atividades dentro do marketing digital, percebemos que a especialização é necessária.

Foram dez anos atendendo várias empresas, e percebemos que as necessidades são comuns: reconhecimento, relevância e vendas

Com base no nosso conhecimento e nas nossas experiências, percebemos que a melhor estratégia para nós enquanto agência e para os nossos clientes era a especialização em competências que ajudam a entregar esses resultados. Com base nisso, decidimos focar em SEO, Criação de Sites e Links Patrocinados. Acreditamos que essa é a melhor forma de levar resultados concretos, palpáveis e reais para nossos clientes.

Na medida em que fomos trabalhando os textos dos dez aprendizados, percebemos que muitos aprendizados estão interligados. É impossível conquistar a confiança sem a transparência. É impossível ser transparente, não se responsabilizar e não alinhar as expectativas. É impossível ter consistência se existem urgências. É impossível fazer estratégias avançadas e mirabolantes, quando o básico ainda exige atenção.É impossível entregar o mundo, quando não somos especializados em tudo.

As mudanças começam dentro da agência, com os colaboradores e com o posicionamento interno. A transparência, o alinhamento das expectativas e a conquista da confiança também são válidas para esse ambiente.

Em dez anos, crescemos muito, aprendemos muito e evoluímos muito enquanto agência e profissionais.

Queremos que você vivencie essas mudanças também, e possa tirar cada vez mais aprendizado e conhecimento da sua rotina.

Quer aprender mais conosco? Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *