4 erros na gestão de Marketing que prejudicam a sua empresa

Apesar de ser um item fundamental para o sucesso de um negócio, muitas empresas brasileiras perdem uma porcentagem significativa de clientes anualmente por erros na gestão de marketing.

Descontrole no planejamento de investimentos, falhas na equipe, perda do momento certo para a estratégia, falta de fidelização do cliente são alguns dos mais cometidos.

Diante deste quadro, as empresas estão cada vez mais preocupadas em treinar e aprimorar sua gestão de marketing para alcançarem soluções eficazes e práticas — que deem retorno e não gerem perda de clientes.

Para sua empresa não entrar nesse rol de insucessos, listamos os quatro erros mais comuns para que você e sua equipe evitem. Confira!

Conheça os erros na gestão de marketing mais comuns

1. Não fazer planejamento estratégico e benchmarking

Não há marketing sem planejamento estratégico. Sem esse processo, todo o negócio corre riscos e não é possível sequer iniciar qualquer tipo de campanha, seja tradicional ou digital.

Deve-se começar com a distribuição adequada do investimento, o produto ou serviço a ser trabalhado, público-alvo, a análise da concorrência em detalhes — o chamado benchmarking, que sempre traz importantes insights sobre qual caminho seguir —, definições de objetivos e metas nas equipes, para então definir as formas e espaços onde haverá a ação.

Todo esse processo deve começar com média de três meses de antecedência, para que haja uma boa pesquisa sobre todos os itens. A média de retorno depende muito do objetivo da campanha, seu produto e espaço vinculado, que pode girar de uma semana a um ano.

2. Falhar em capacitação ou conhecimento profissional

Contratar pessoas sem a qualificação suficiente, apenas para suprir uma vaga, pode proporcionar um grande prejuízo à empresa. Isso porque o profissional precisa conhecer muito o mercado e as estratégias usadas, para tomar as decisões certas.

Caso haja uma agência de marketing contratada, se não estiver engajada no processo, será dinheiro jogado fora. Não importa o tamanho da agencia, mas sim a capacitação do time designado.

Uma agência pequena, em contrapartida, pode apresentar um relatório realmente detalhado, com resultados comprovados. Uma grande, por outro lado, pode ignorar os anseios de sua empresa, tratando apenas de forma protocolar. Tudo realmente depende dos profissionais envolvidos e o interesse em fazer a coisa certa.

O importante é avaliar as estratégias e ações dos profissionais de marketing de sua empresa, sejam contratados ou terceirizados, atentos a sua interação e envolvimento nas campanhas. E na hora de contratar, peça certificados de marketing digital e outras especializações.

3 . Delinear estratégias erradas

De nada adianta investir muito dinheiro em campanhas sem saber se elas serão eficazes para a realidade do seu negócio.

No marketing, as estratégias tem início, meio e fim, com relatórios de análises de sucesso e fracassos. Sem saber qual foi o resultado da campanha e se ela atingiu seu público alvo, ela foi uma estratégia em vão.

A gama de opções de marketing é grande, o que pode causar confusão na hora de escolher. Mas ainda pior que isso é fazer uma escolha e atingir o público errado!

4. Cortar o orçamento de marketing em crises

Ainda há empresas que acreditam que o marketing é supérfluo e, no primeiro sinal de crise, cortam suas verbas.

Contudo, é justamente nessa hora que o marketing assume sua grande importância nas metas da empresa. Ele encontra caminhos alternativos para manter e até melhorar as vendas, mesmo com a concorrência tendo dificuldades.

Enxugue suas estratégias, eliminando canais com pouco ou nenhum retorno, para investir em algo que realmente valha a pena.

Gostou de aprender mais sobre erros na gestão de marketing? Curta nossa página no Facebook e saiba sempre das novidades do mundo do marketing e negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *