Estratégia de vendas: como as métricas ajudam a aumentar a conversão

Para se manter ativa no mercado, uma empresa deve se valer de uma ótima estratégia de vendas. Mas como escolher a melhor tática para obter retorno e visibilidade na web?

Primeiramente, você deverá contar com um plano para trabalhar as ações de marketing digital escolhidas de acordo com o seu segmento. Também é necessário definir quais métricas serão utilizadas para apurar os resultados.

E por falar em métricas, você sabe quais delas poderão ajudar na estratégia de vendas da sua empresa? Continue acompanhando este post e veja como apurar os rendimentos obtidos com o marketing digital!

O que são métricas e qual a sua importância na estratégia de vendas?

As métricas são regras ou ferramentas utilizadas para determinar os resultados obtidos por uma empresa sob vários aspectos. Em cada ação realizada, é possível medir o consumo, o engajamento e a retenção de clientes, por exemplo.

Em uma estratégia de vendas, é fundamental selecionar corretamente essas métricas para verificar se as ações de marketing estão dando lucro ou prejuízo. Dependendo do resultado, o gestor poderá descartar uma ou mais ações que não trazem retorno relevante para o negócio, focando seus esforços nas melhores práticas.

Quais são principais métricas que ajudam no aumento da conversão?

1. ROI

O ROI (Return on Investment), ou Retorno sobre investimento, é uma das mais importantes métricas para analisar a rentabilidade conquistada em determinada ação. O cálculo do ROI é simples e pode ser feito com a seguinte fórmula:

ROI = (lucro do investimento – custo do investimento) / custo do investimento.

Com esses dados em mãos, portanto, o gestor poderá avaliar quanto sua empresa está ganhando ou perdendo com cada investimento realizado, contando com uma base sólida para direcionar suas ações de marketing.

2. Taxa de conversão

Os cliques e os acessos em sua propaganda são alguns dos exemplos de taxa de conversão. Por meio deles, a empresa poderá conferir a quantidade de vendas e acessos em seus anúncios.

Essa taxa é de suma importância para que sejam apontadas as falhas e os acertos durante o processo de compra, permitindo, assim, que o empresário consiga corrigir o que é necessário para aumentar suas futuras chances de vendas.

3. Taxa de rejeição

A taxa de rejeição apresenta a porcentagem de abandono de seu site logo após o acesso da primeira página. Quando a métrica possui índices altos, vale a pena rever como anda a disposição do conteúdo, o layout, entre outros aspectos que não estejam prendendo suficientemente a atenção do visitante.

4. CAC

O CAC (Custo de Aquisição de Clientes) é uma métrica que define o quanto de receita é necessário investir para atrair cada consumidor. O CAC envolve todo o processo de venda, desde a atração de leads (potenciais clientes) até o fechamento da compra.

Um CAC muito alto demonstra que você não está conseguindo um número satisfatório de conversão — ou seja, o investimento em divulgação não é proporcional às vendas consolidadas.

Quais são as principais vantagens na utilização das métricas para aumentar a conversão?

Como você viu, são muitas as vantagens de utilizar as métricas para aumentar as vendas no seu empreendimento. Entre as principais, podemos citar:

  • redução de custos: todo investimento que não traz retorno acaba se tornando um gasto. Por isso, o descarte de ações que tragam pouco ou nenhum resultado positivo é fundamental para a sustentabilidade da empresa;
  • aumento da lucratividade: selecionando as métricas corretas, é possível gerar mais lucros por meio de investimentos rentáveis e vantajosos, contribuindo para o crescimento da marca.

Agora que você já sabe como melhorar sua estratégia de vendas, aproveite para conhecer 5 métricas de marketing digital que você deve ficar de olho. Nos vemos no próximo post!

CTA SEO para Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *