Featured Snippets: o que são e como aumentar o tráfego orgânico do seu blog

Você já sabe que otimizar seu site para ser encontrado pelo Google não é o bastante. Quase todos os seus concorrentes fazem isso também.

É preciso estar na primeira página, de preferência nos primeiros resultados. Mas o Google, na sua busca incansável para melhorar a experiência de busca do usuário, adicionou uma nova camada de complexidade ao jogo.

Se antes as disputas de SEO eram focadas apenas na primeira posição, saiba que agora existe até a posição zero das páginas de pesquisa.

E o mais importante: elas podem impactar significativamente o seu tráfego orgânico.

Essa “nova posição” atende pelo nome de featured snippet. Ela já existe faz um tempo, mas muitos sites deixam de aproveitar a oportunidade que ela traz.

Por isso, vamos mostrar tudo que você precisa saber sobre os featured snippets, como eles impactam a sua estratégia de Marketing Digital e o que fazer a respeito.

O que são featured snippets

Featured snippets, antigamente conhecidos como caixas de resposta, são quadros que contém respostas rápidas a algumas das buscas dos usuários no Google.

Essas respostas são tiradas de um dos resultados de busca que se encontram na primeira página. Assim, o snippet contém, além da breve resposta, um link para a página em questão.

Falamos que esses snippets ocupam a posição zero porque eles ficam logo acima do primeiro resultado.

Nem todas as páginas têm featured snippets ainda. Eles não se enquadram em todos os tipos de busca.

Também existe diferença entre os snippets e o Knowledge Graph, outra novidade do Google que tem deixado muitos analistas de SEO preocupados.

Featured snippet x Knowledge Graph

Featured snippet x Knowledge Graph

Qual é a diferença entre featured snippet e Knowledge Graph? Os dois são bem parecidos à primeira vista, mas as semelhanças param quando analisamos mais de perto.

Em primeiro lugar, os featured snippets são tirados de trechos de conteúdos que o Google classifica na primeira página. Já as respostas do Knowledge Graph são tiradas da própria base de dados do Google.

Isso quer dizer que você pode ter seu conteúdo em um snippet, mas não no Knowledge Graph.

Quer dizer também que você pode tomar o lugar de outro site com um snippet para determinada palavra-chave, mas jamais vai tomar o lugar do Google com uma resposta do Knowledge Graph — a não ser pela vontade do próprio Google.

Tipos de featured snippets

Existem 3 tipos de featured snippets que podem aparecer em uma página de resultados.

Entender cada um deles é fundamental para conquista snippets para o seu blog.

Eles aparecem de acordo com a seleção que o próprio Google faz, baseado no tipo de pergunta feita na busca e no que há disponível de conteúdo nos primeiros resultados.

Veja como cada um funciona:

Parágrafo

Featured Snippet - Parágrafo

É o tipo de snippet mais comum, e mostra um parágrafo que resume bem a resposta principal à pergunta feita pelo usuário.

O Google ainda está melhorando na questão de selecionar blocos de texto para servir como snippets em forma de parágrafo.

Algumas respostas não são muito fáceis de entender, mas o algoritmo aprende rápido. Ou seja, quanto melhor for seu trabalho de otimização, mais chances de ter um snippet selecionado.

Listas

Featured Snippet - Lista

As listas são o segundo tipo de snippet que você pode encontrar. Elas são muito comuns quando as buscas pedem por um passo a passo ou uma seleção de itens (lugares, pessoas, objetos, etc.).

Se a lista for maior, um link de “veja mais” aparece para o usuário que quiser ler até o final mesmo sem clicar no link da matéria principal.

Quadros ou tabelas

Featured Snippet - Quadro ou tabela

Por último, o mais raro dos três tipos são os quadros, ou tabelas. O Google não tem preferência pelos outros formatos, mas eles são mais fáceis de achar nos conteúdos selecionados.

Quadros podem ser usados em comparativos (de produtos, lugares, pessoas e uma série de outros itens) ou para dar informações que precisam de uma estrutura específica (como tabelas nutricionais e similares).

O fato de existirem poucas tabelas para o Google usar como snippets abre oportunidade para que você otimize seu conteúdo com mais quadros, sempre que forem relevantes.

Como esse recurso pode influenciar seu tráfego orgânico

Como esse recurso pode influenciar seu tráfego orgânico

Até agora falamos sobre o conceito dos featured snippets e como eles funcionam, mas é claro que você está mesmo interessado em saber como tudo isso afeta seus rankings e seu tráfego orgânico.

Isso é realmente uma questão importante. E dá para dizer, sem medo, que os snippets têm impacto, sim.

Ao contrário do que se pensa, o resultado de um snippet diminui os cliques na página, e essa é justamente a intenção do Google: oferecer uma resposta rápida e curta, na qual nem é preciso clicar.

Mas, se é assim, porque investir nos snippets? Primeiro, porque se você não fizer isso, alguém fará. Além disso, listamos abaixo três bons motivos:

Aumentar a relevância do seu site

O mesmo estudo da Ahrefs já citado aqui mostrou que os resultados com featured snippets recebem mais cliques do que aqueles nos quais a caixa aparece.

Por outro lado, pense no efeito moral de ter uma resposta como featured snippet.

É como se, de todos os resultados da primeira página, aquele pequeno trecho de informações que está na sua página fosse escolhido como o mais relevante de todos.

E tem outra: os featured snippets ficam com cerca de 8.6% dos cliques. Esse número é além dos cliques que o seu link já receberá por estar na primeira página.

Dessa forma, conquistar seu espaço nessa caixa significa ter 2 links iguais na mesma página, e duas fontes de tráfego qualificado sem fazer esforço extra!

Competir com maior força em áreas disputadas

Em muitos casos, vai ser praticamente impossível para o seu site ocupar o primeiro lugar nos resultados de busca, ou mesmo figurar entre os 3 primeiros.

Mas nada impede que uma página sua que ranqueia em 7° lugar na primeira página tenha um snippet. Sabe o que isso significa?

Que você pode ter um resultado acima de páginas gigantes, como portais de notícias ou blogs respeitados no seu nicho de atuação. É a chance de competir com maior força em ambientes antes impensáveis.

Proteger uma posição já conquistada

E se o gigante, que tem a primeira posição garantida nas SERPs é você? Então, já deu para perceber que alguém menos respeitado pode roubar seus cliques, certo?

Se não quiser correr esse risco, você pode otimizar seu conteúdo para que o snippet venha dele.

Mesmo que não seja um gigante em termos de ranqueamento, mas já tenha conquistado determinado snippet, vale a pena manter o conteúdo sempre otimizado e atualizado para não perder essa posição.

O que você precisa para alcançar a posição zero do Google

O que você precisa para alcançar a posição zero do Google

Você provavelmente está se perguntando o que precisa fazer para alcançar a posição zero do Google de uma vez por todas com os featured snippets.

Não dá para garantir que o Google vai escolher o seu conteúdo como referência, mas com essas dicas abaixo você terá chances bem maiores. Seu foco deve ser em:

Estar no top 10 do Google

Você não precisa estar em primeiro lugar para alcançar essa posição, mas é necessário que o seu conteúdo esteja entre os top 10, ou seja, na primeira página de busca para determinada palavra-chave.

Em outras palavras, o seu foco de SEO deve continuar sendo em ranquear para as primeiras posições, de preferência no top 5 para ter chances maiores.

Na análise da Ahrefs, quanto mais próximo do topo, maiores as possibilidades. Mas dentro do top 10 ainda é possível se habilitar com as otimizações certas.

Rankear para palavras de cauda longa

Outra questão relevante é o tipo de palavras-chave para os quais é mais fácil que o Google selecione esse tipo de caixa de resposta rápida.

E, naturalmente, as palavras de cauda longa, com pesquisas mais elaboradas e específicas, são as que mais apresentam chances de apresentar um snippet.

Assim, para aumentar suas chances você precisa produzir conteúdo para palavras-chave long-tail e ofereça respostas claras e diretas para os termos pesquisados.

Oferecer snippets melhores que os atuais

Não é porque uma palavra-chave para a qual você está no top 10 do Google já tem um snippet que a batalha já foi perdida.

Pelo contrário, você tem a chance de “roubar” essa vaga com um snippet melhor. Você pode fazer isso por:

  • otimizar um parágrafo para responder perfeitamente a questão feita na busca. 40 a 50 palavras é o tamanho ideal;
  • criar ou otimizar listas para facilitar a vida da sua Persona com uma resposta mais fácil de ler do que um simples parágrafo. Muitos itens divididos em até 60 palavras são uma boa aposta;
  • ou incluir tabelas relevantes que ofereçam maior valor como snippet do que os outros formatos. Jamais use mais de 3 fileiras em uma tabela, mas pode usar tantas linhas quanto numa lista.

Os featured snippets ainda são um mistério para muita gente, mas uma coisa é certa: vale a pena otimizar seu conteúdo para ocupar essa posição. Essas simples caixas de resposta podem aumentar seu tráfego orgânico, fortalecer sua marca e ajudá-lo a competir de igual para igual com gigantes da internet.

Os featured snippets são apenas mais uma prova de como o SEO evoluiu. Quer saber como acompanhar o passo e continuar tendo bons resultados orgânicos? Veja esse post que conta tudo sobre a evolução dos buscadores!

Esse conteúdo foi produzido pela equipe da Rock Content.

CTA SEO para Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *