Blog de sucesso: como medir o sucesso do blog da empresa?

Você fez tudo certo: traçou o perfil da sua persona, criou um calendário editorial e está investindo em conteúdo altamente relevante para criar um blog pertinente para a sua empresa. Mas e agora? Como medir o sucesso do blog e saber que está realmente trazendo resultados para o seu negócio?

Continue lendo o nosso post e descubra a importância de acompanhar o crescimento e alcance do seu blog corporativo, além de aprender os principais indicadores que podem ser utilizados para mensurar os resultados e determinar se ele está indo na direção certa ou precisa de ajustes. Vamos lá?

Por que e como medir o sucesso do blog?

O monitoramento de resultados desempenha um papel crucial na estratégia de marketing de conteúdo, e existem diversas razões para isso. Para começar, o blog é uma ferramenta de alcance e comunicação com clientes e potenciais clientes. Monitorando o sucesso do seu conteúdo, você ganha a possibilidade de rastrear o engajamento do público.

Feito de forma eficiente, esse engajamento resultará no compartilhamento do seu conteúdo em diferentes plataformas, aumentando a sua audiência. Além disso, você ganha acesso a uma grande quantidade de dados que envolvem os gostos e demandas de potenciais consumidores.

Uma vez atraído para seu conteúdo, o público engajado passa para a etapa de consideração e compra do produto ou serviço, agindo diretamente no ROI (Retorno Sobre Investimento). Essa conversão em consumidores é de suma importância para uma estratégia bem-sucedida.

Para auxiliar na mensuração do sucesso do blog, existem diversos indicadores a serem considerados. Eles são a chave para avaliar e, dependendo do resultado da análise, corrigir a estratégia que vem sendo utilizada.

Quais as principais métricas a serem acompanhadas?

Com o constante avanço das técnicas de marketing de conteúdo, as empresas são cada vez mais capazes de realizar uma avaliação crítica do seu conteúdo. Isso se dá principalmente devido à grande quantidade de dados que podem ser reunidos sobre o desempenho e relevância do blog.

O processo de avaliação do sucesso do blog é muito importante, pois possibilita ao empreendedor determinar se a estratégia atual é satisfatória ou se ajustes precisam ser feitos. Abaixo listaremos algumas das principais métricas que auxiliam nesse processo de avaliação.

Novas visitas e visitas recorrentes

Existem muitos indicativos que são considerados métricas de vaidade. Olhar apenas o número de visitas diárias ou mensais pode ser uma métrica muito rasa para analisar se a sua empresa tem um blog de sucesso. Por isso, vale a pena traçar um paralelo entre essa métrica e a porcentagem de novas visitas e a quantidade de visitantes recorrentes.

A porcentagem de novas visitas que o seu blog corporativo recebe vai apontar se ele apresenta um crescimento constante e, assim, tem atraído novos leitores. Já a quantidade de visitantes recorrentes vai dizer se o conteúdo publicado está atrativo o suficiente para fazer com que as pessoas retornem para ler as novidades.

Juntas, essas métricas indicam se o conteúdo do blog está adequado e é de interesse do público, além de sinalizar qual é o alcance dessa iniciativa em relação às outras ações de marketing digital.

Engajamento nas redes sociais

As redes sociais são um excelente parâmetro para acompanhar a evolução e o sucesso do blog da sua empresa. Além de servirem como apoio para divulgar os novos artigos e demais materiais de conteúdo, esses canais funcionam como um termômetro que vai apontar quais os conteúdos são mais relevantes ou que você deve explorar mais.

Leve em consideração também qual rede social é mais adequada à sua persona, e busque produzir conteúdos personalizados para cada uma. A chamada para o seu blog no Facebook, por exemplo, não deve ser igual à chamada no Instagram. Se usadas de forma inteligente, as redes sociais se tornam grandes produtoras de engajamento.

Para tanto, é necessário acompanhar a repercussão dos posts do blog nas mídias. Monitore o que os usuários estão falando sobre os artigos e o número de compartilhamentos. As publicações populares podem ser exploradas mais a fundo ou de novas maneiras, como com o lançamento de um e-book ou de um vídeo sobre o tema.

Assinantes de feed

Um dos grandes objetivos de um blog de sucesso é ter muitos assinantes de feed. Isso porque, se o seu blog é relevante, ele vai atrair leitores fiéis e que querem se manter informados sobre as novidades que são publicadas.

Se o blog da sua empresa não está atraindo muitos assinantes, tente reavaliar o conteúdo, a divulgação nas redes sociais, e até mesmo se você criou um Call to Action adequado. Muitas vezes, o blog não propicia uma boa experiência do usuário e as pessoas não conseguem achar ou não notam que é possível assinar o feed. Você pode estar perdendo oportunidades sem saber!

Comentários nos posts

Muitos profissionais ainda têm um pouco de receio em habilitar comentários nos posts do blog, pois isso pode gerar algum tipo de repercussão negativa. Se for o seu caso, você pode optar por fazer uma moderação antes de os comentários irem ao ar, mas não deixe de permitir que os leitores interajam com a sua empresa por esse canal.

Essa é uma métrica muito importante para avaliar o sucesso do blog e, de quebra, ter um feedback valioso sobre o que o seu público está achando dos conteúdos e estreitar o relacionamento com clientes.

A área de comentários dos blogs também é uma excelente ferramenta para gerar leads. Um usuário que deixou uma dúvida nos comentários, por exemplo, se for trabalhado da forma correta, pode tornar-se um novo cliente.

Links que apontam para o blog

Quanto mais links de outros sites e blogs apontarem para os posts do blog da sua empresa, melhor! Desde que eles sejam sites qualificados, é claro. Isso traz credibilidade e, em especial, visibilidade.

Além de ajudar na otimização do site para o Google e gerar exposição para a sua empresa, esse é um indicador importante de sucesso para um blog. Ele reflete a qualidade do conteúdo publicado — já que as pessoas só compartilham aquilo que é relevante — e ainda aumenta a presença online e a relevância da sua empresa na internet.

Leads gerados

Outra métrica de marketing de conteúdo em que você deve prestar muita atenção é o total de leads gerados por meio do seu blog. Os leads são indicadores importantes, pois representam usuários que demonstraram interesse em seu negócio. São potenciais clientes ao alcance de sua empresa.

Rastrear o número de leads gerados e verificar sua variação é uma etapa essencial no planejamento de estratégias futuras e na avaliação da estratégia atual. Se o seu conteúdo está estrategicamente planejado, seguindo práticas de otimização de SEO, é bem provável que a quantidade de leads se mantenha em crescimento.

A geração de leads é apenas parte do processo. É importante ter um plano alinhado com a equipe de vendas para que o usuário seja nutrido com conteúdo mais aprofundado, estreitando a relação com a empresa.

Origem dos leads

Quanto mais leads melhor, é claro. Mas, mais importante do que saber a quantidade de leads, é saber a origem deles. De onde veio o visitante que comprou seu produto na primeira visita? Ou aquele que passou horas no blog e acabou se inscrevendo na newsletter?

Saber qual canal efetivamente incentivou o usuário a visitar o seu site tem um valor estratégico muito forte. Saber como o seu público se comporta e qual tipo de chamada prende sua atenção permite a otimização dos canais de conversão, ou seja, ajustes que podem ser feitos para potencializar a conversão.

Custo por clique

Lembra quando falamos a respeito do retorno sobre investimento? O custo por clique (CPC) é um fator importantíssimo nessa conta. Surpreendentemente, ainda é comum ver gestores satisfeitos apenas com o número de visitas do blog, sem prestar muita atenção no CPC. Ora, de que adianta ter mil e uma visitas sem nenhum clique para comprar?

Utilizando-se desse conhecimento, a questão que fica é: quanto você pode gastar para obter um clique sem ficar no prejuízo? Para calcular, basta dividir o total a ser gasto pelo número de cliques a serem obtidos. É importante também considerar a taxa de conversão do negócio, ou seja, o número de cliques que se transformam em compra.

Tráfego total

Dentro da estratégia de marketing digital, é importante saber o tráfego total do seu website que nada mais é do que o número de visitantes. Esse indicador é usado para avaliar se o investimento feito no blog está resultando ou não em um número maior de acessos. Basicamente, mede o sucesso geral do blog.

É importante atentar também para o canal de origem do tráfego de usuários. Esses podem ser outros websites, mídias sociais, anúncios etc. Dessa forma, você tem maior embasamento na hora de decidir a força de investimento em cada canal.

Outro benefício de manter um controle do tráfego do seu blog é a possibilidade de saber quais palavras-chave estão gerando mais visitantes. Assim, é possível traçar um perfil mais completo de seus consumidores e fortalecer o plano de ação.

Tráfego orgânico

Existem dois tipos de tráfego: o orgânico e o pago. O tráfego orgânico, como o nome já sugere, é o tráfego espontâneo, que não precisa de investimento financeiro direto para acontecer. Portanto, significa que o usuário encontrou sua página a partir de pesquisa própria, recomendação, ou algo do tipo.

Existem diversas formas de tornar o seu site mais visível para tráfego orgânico. Uma das principais é o SEO (Search Engine Optimization), que também abordaremos ao longo deste texto.

Tráfego pago

O oposto do tráfego orgânico, o pago é literalmente aquele que você gasta dinheiro para obter. Esse gasto apresenta-se por meio de anúncios pagos em redes sociais como Facebook, Instagram e Twitter, além de investimentos no Google Adwords.

Além de atingir mais diretamente a persona, o anúncio por meio de publicidade digital ajuda o blog a melhorar seu ranqueamento do Google, contribuindo até mesmo para o aumento do tráfego orgânico.

Taxa de rejeição

A taxa de rejeição aponta quantos visitantes acessaram seu website e o fecharam logo em seguida, sem gastar tempo explorando o conteúdo. O Google Analytics a define como “o percentual de sessões de uma única página” (logo, sessões nas quais a pessoa saiu do seu site na página de entrada sem interagir com ela).

Essa métrica serve como termômetro do sucesso do blog. Se a taxa de rejeição for alta, significa que o seu website não está prendendo os leitores. Nesse caso, comece a procurar por motivos. Reveja o layout, a organização dos elementos e o conteúdo em si, mantendo em mente a experiência positiva do usuário.

Um índice anormal de rejeição pode ser indício de que seu conteúdo simplesmente não é relevante para quem o acessa. Isso pode se dar por divergências entre o título e a pauta ou pelo mau uso de palavras-chave. O controle dessa métrica possibilita o diagnóstico e correção do problema.

Posts mais populares

É importante monitorar a popularidade de seus posts para saber quais são bem-recebidos e quais não apresentam impacto no público. Essa avaliação é bem simples e pode ser feita por meio de um plugin pelo WordPress ou até pelo próprio Google Analytics.

Com essa informação em seu poder, você pode constatar com maior facilidade o tipo e formato de conteúdo que, de fato, atinge sua persona, e possibilitar a geração de posts com materiais adaptados, mais efetivos e alinhados com o que o leitor quer.

Ao perceber que um post se destaca demais dos outros, de maneira positiva, busque por suas particularidades. Por que esse post atingiu tanta popularidade? Ele apresenta um tipo diferente de linguagem? É linkado com um tipo específico de canal? Todos esses fatores ajudam a produzir matérias que sejam adequadas à demanda da persona.

Inscrição na newsletter

A quantidade de inscritos em sua newsletter pode ser conferida no dashboard do seu serviço de e-mail marketing, e possibilita o levantamento e interpretação de dados importantes como a taxa de abertura de e-mail, cliques, conversões, entre outros. O número de inscritos na newsletter é um bom indicador de fidelidade do público.

Um dos benefícios extraídos do controle de inscritos em sua newsletter é a possibilidade de segmentá-los em grupos de personas, adaptando o conteúdo da mensagem para as particularidades de cada uma delas. Dessa maneira, fica mais fácil atingir mais personas com a mesma quantidade de e-mails disparados.

Caso você produza constantemente conteúdo para o seu blog e mídias sociais e, mesmo assim, não consiga alcançar um número significativo de inscritos em sua newsletter, é importante adotar estratégias de marketing nesse sentido. A oferta de vantagens para inscritos é uma das estratégias mais comuns, assim como a utilização de Hello Bars.

Marketing ROI

Medir o retorno sobre investimento é fundamental para que você possa avaliar corretamente a eficácia de cada ação feita para a otimização do blog. Com o cálculo do ROI, fica mais fácil definir o que funciona ou não na sua campanha de marketing e, assim, determinar o próximo passo com maior clareza.

A partir do controle do ROI, você pode traçar metas mais realistas para o seu empreendimento, tendo em mente a análise do resultado que ações semelhantes trouxeram no passado. Sendo assim, o ROI ajuda a decidir o quanto vale a pena investir em um canal ou estratégia.

Outro fator que demonstra a importância dele é a tendência que investidores têm em avaliar o ROI de sua empresa na hora de decidir se vale a pena investir nela. Portanto, é vital que você tenha sob controle o cálculo de retorno de todos os investimentos realizados pelo seu negócio.

Quais as melhores práticas para melhorar o sucesso do blog?

O uso de métricas para monitorar a performance do seu blog abre caminho para uma análise mais profunda da sua estratégia de marketing digital. Sabendo como medir o sucesso do blog, é possível identificar o que está dando certo, e o mais importante: o que está dando errado. Com isso, a tarefa de estabelecer um plano de melhorias fica bem mais fácil.

Ao investir no sucesso do blog da empresa, o empreendedor deve levar em consideração algumas variáveis, como o tamanho do negócio e sua persona. É essencial que o blog esteja direcionado para ela, de forma a garantir que a mensagem está sendo entregue ao recipiente correto.

Dentro dessa conjuntura, existem muitas práticas a serem adotadas para a melhoria do blog. Listaremos algumas a seguir.

SEO

É importante investir em SEO para o seu blog. Não por acaso, é um item essencial e precisa estar no seu radar caso você deseje aumentar o tráfego do website ou atingir um público específico. O SEO envolve qualquer estratégia montada para otimizar o site e aumentar o desempenho do blog por meio de mecanismos de busca.

O primeiro item a ser considerado é o título do seu texto. Eles são decisivos para o fracasso ou sucesso do blog. O título serve como uma isca, uma atração para a pessoa consumir seu conteúdo. Se o leitor não for atraído, o conteúdo torna-se irrelevante. Além disso, um bom título também melhora o ranqueamento no Google.

Títulos criados com a intenção de ranquear bem no Google carregam certas diferenças com título do texto em si. Eles devem ser bem explicados, sendo claros e diretos quanto ao que o artigo está oferecendo. É importante ter em mente o limite de caracteres imposto pelo Google, que pode causar um corte na chamada.

Outra característica importante na estratégia de SEO é a uso de palavras-chave. Por meio dessas keywords, você pode direcionar o seu conteúdo diretamente para a persona, se souber quais termos relacionados ao seu negócio estão sendo buscados com frequência na internet.

SEO off page

O tipo de SEO definido como off page baseia-se na quantidade e qualidade de links que apontam para o seu blog. Em outras palavras, quanto mais material pela internet usando o seu conteúdo como referência por meio de linkagem, melhor ranqueado seu blog estará nas ferramentas de pesquisa.

Fique atento! Para uma estratégia SEO off page eficiente ser colocada em prática, não basta apenas espalhar o link por toda a internet. A qualidade e credibilidade dos sites que linkam o seu são consideradas pelo Google, e a ferramenta está cada vez mais exigente.

Sites considerados “cabides de links”, suspeitos de spam ou considerados suspeitos — como os que praticam compra de links — afetam negativamente no SEO e conteúdo do seu site. Por isso, paciência é fundamental. Medidas de SEO podem não dar resultado da noite para o dia, mas tendem a ser eficientes no longo prazo.

Otimização das conversões de funil

O funil de vendas é o modelo estratégico que rastreia as ações do cliente desde o seu primeiro contato com a empresa até a concretização da compra. Ele é formado por um conjunto de fases que tem como finalidade dar suporte à jornada do cliente e, preferencialmente, guiá-lo até o último estágio.

Existem três etapas no modelo do funil: topo, meio e fundo. Os nomes são bem intuitivos. Enquanto o topo é onde acontece o primeiro contato do cliente, ou seja, a atração do comprador, o fundo é onde a compra acontece. O meio de funil pode ser definido como o momento de consideração antes da decisão.

Para otimizar o processo de funil, é preciso aumentar as conversões de uma fase para a outra, analisar a qualidade dos leads gerados e diminuir o tempo de deslocamento entre topo e fundo. Para isso, é necessário conquistar a atenção do cliente desde o início.

Conteúdo relevante

A missão de criar um conteúdo relevante para o seu público não é das mais fáceis, mas está longe de ser impossível. Conteúdos relevantes são responsáveis diretos pela retenção de consumidores, aumento considerável do tráfego do site e, consequentemente, o aumento na geração de leads.

O passo fundamental antes da criação do conteúdo é o estudo e entendimento da persona. De forma simplificada, personas são perfis homogêneos de pessoas que você busca atingir. A partir daí, levando em conta fatores demográficos, geográficos e comportamentais, você pode planejar a sua pauta.

É importante a sincronia entre seu conteúdo e as ferramentas de SEO. Como vimos acima, o uso de palavras-chave bem ranqueadas nas ferramentas de pesquisa é fundamental para que seu blog tenha um alcance maior. Além disso, é possível adequar o seu conteúdo para assuntos que estejam em alta no momento.

No final das contas, o conteúdo tem grande contribuição na impressão final que o leitor terá do seu blog. Um conteúdo didático, educativo e que leve à solução do problema tende a se tornar referência para buscas futuras, e espalha-se com maior facilidade.

Responsividade

Já não é segredo que os dispositivos móveis são considerados por muitos a maneira preferida de acessar a internet. Segundo pesquisa da Fecomércio-RJ e Instituto Ipsos, 69% dos donos de tablets e smartphones os utilizam para acessar a rede. Se atentar a isso é de vital importância para melhorar o sucesso do seu blog.

Um site responsivo é aquele cujo layout e disposição dos elementos se adapta de acordo com o tamanho da tela do usuário. Ou seja, independentemente do uso de dispositivo fixo ou móvel, o conteúdo será carregado sem erros, mantendo o layout e escaneabilidade, preferencialmente, com navegação simples e intuitiva.

Além do favorecimento à experiência do leitor, um site com responsividade de qualidade é melhor ranqueado pelo Google em pesquisas realizadas pelo mobile. Sendo assim, se sua página não é compatível com esse ou aquele dispositivo, provavelmente, será preterida por leitores que acessam a rede pelo dispositivo móvel.

Linguagem adequada

Em qualquer conversa, é normal adequarmos a nossa forma de falar de acordo com a pessoa com quem conversamos: maior ou menor formalidade, presença ou ausência de gírias e coloquialismos, entre outros. A produção de conteúdo para blogs deve seguir o mesmo princípio.

Para uma comunicação eficaz com o leitor, o blog deve falar sua língua. Para isso, utilizamos o conceito de persona, que nada mais é que representação fictícia do seu cliente ideal. Ao estabelecer uma persona bem definida, você sabe exatamente com quem você pretende falar, e pode elaborar táticas para fazê-lo.

Por exemplo, se o seu blog tem como persona um jovem estudante que deseja se tornar um empreendedor, você provavelmente vai usar um tom de escrita mais leve, até com a utilização de gírias e palavras mais informais. Já se a sua persona é o CEO de uma empresa, a linguagem utilizada deve ser mais formal e acadêmica.

Independentemente da utilização de uma comunicação mais formal ou informal, existe um conjunto de regras que deve sempre ser respeitado: a língua portuguesa. Um erro de gramática pode trazer um impacto negativo para o consumidor, e diminuir a credibilidade do seu website.

Conteúdos visuais

A utilização de conteúdos visuais no seu blog é de suma importância para manter o leitor interessado por mais tempo e até para facilitar o entendimento do conteúdo. Muitas vezes, a pessoa pode ter dificuldade para assimilar o conteúdo escrito, mas entender logo de cara ao ver um infográfico ou imagem.

Abra qualquer post na internet e faça você mesmo a experiência. Se a página traz uma imagem chamativa no meio ou topo da matéria, seus olhos vão direto para lá. A imagem vai atrair sua atenção por algumas frações de segundo, até que você resolva ou não começar a ler o texto.

Busque um diferencial para o seu blog. Existe uma quantidade inestimável de conteúdo online e você não quer ser apenas mais um. Um conteúdo formado apenas por letras pretas em um fundo branco não é nada atrativo à primeira vista e, provavelmente, não reterá o leitor por muito tempo.

Combine imagem com informação. Não adianta apenas agradar aos olhos do leitor — o conteúdo visual necessita também fazer sentido no contexto em está sendo utilizado. Para tanto, você pode utilizar um infográfico com informações apresentadas no texto ou, simplesmente, uma imagem chamativa relacionada ao conteúdo.

Agora que você já tem um conhecimento maior sobre a mensuração de sucesso do seu blog e se esse está ou não gerando resultados para a empresa, já pode tomar ações necessárias para otimizar o uso da ferramenta pelo negócio.

Além de detalhar como medir o sucesso do blog, listamos ao longo deste texto algumas métricas fundamentais que devem ser acompanhadas de perto. Apresentamos também algumas das melhores técnicas e práticas para tornar o seu blog mais eficiente.

Achou útil e quer mais conteúdos parecidos? Não deixe de assinar nossa newsletter para ficar por dentro de tudo!

CTA SEO para Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *