Keywords: como escolher a palavra-chave perfeita para o seu texto

Ao produzirmos um texto, esperamos que ele seja lido pelo maior número possível de pessoas. Para isso, é preciso que ele se destaque em meio a tantos outros conteúdos espalhados pelo universo digital.

Nesse contexto, utilizar algumas técnicas para marcar presença entre o seu público-alvo é fundamental, e uma das principais delas é escolher a palavra-chave certa.

Quer saber como fazer isso na prática? Ao longo deste texto vamos frisar a importância do uso de palavras-chave e passar algumas dicas para você escolher a melhor para o seu negócio. Além disso, vamos abordar os diferentes tipos de keywords e as ferramentas que auxiliam seu uso.

O que é palavra-chave?

A sua empresa decidiu investir em um blog para marcar presença na internet e começou a produzir diversos conteúdos relevantes, que são do interesse da sua persona e ajudariam a converter mais vendas para o seu negócio. Entretanto como fazer com que esse material seja lido pelo maior número de usuários possível?

É nesse momento que entra a palavra-chave. O conceito é simples: trata-se do termo utilizado pelos usuários para pesquisar algum conteúdo nos mecanismos de busca online, e é por meio dela que os seus clientes serão capazes de encontrar seu blog na internet.

Por isso, entender quem é a sua persona e qual linguagem ela utiliza na rede é fundamental para escolher os termos adequados. Afinal, de nada adianta escrever um conteúdo incrível e utilizar uma palavra-chave com grande número de buscas se ela está totalmente fora do universo do seu cliente.

Por que as palavras-chave são importantes?

Encare-as como a chave que vai levar o público até o seu conteúdo. Com a quantidade imensurável de posts sendo produzidos diariamente na internet, não é incomum que produções de qualidade sejam deixadas no ostracismo — escolher a palavra-chave correta é a melhor forma de evitar esse problema.

As keywords devem ser parte importante do seu planejamento estratégico. Não adianta usar termos que estejam em alta se eles não condizem com seu conteúdo ou com o público que deseja alcançar. Por isso, entender a importância da palavra-chave para cada situação é muito importante.

Dentro do seu funil de vendas, existem diferentes públicos buscando por diferentes resultados. Quem está no topo ainda está procurando informações gerais sobre o produto, enquanto quem está no meio do funil já deve estar decidindo entre diferentes empresas.

Como os objetivos de cada grupo são diferentes, suas pesquisas naturalmente seguem o mesmo caminho. Cada grupo tem uma seleção específica de palavras-chave que escolhem para pesquisar. Portanto, é importante que sua empresa reconheça essas tendências e use-as como base para produção de conteúdo.

Quais são os diferentes tipos de palavras-chave?

Agora que você entende o conceito já está pronto para usar a estratégia em seus conteúdos, certo? Calma lá! É importante entender também que existem dois tipos diferentes de termos. Compreender detalhadamente cada um ajuda muito no processo de definição da palavra-chave perfeita. Confira.

Short tail

Traduzido do inglês “short tail” significa “cauda curta”. Como o nome já sugere, as palavras-chave short tail são geralmente compostas por expressões mais simples, formadas por no máximo duas palavras.

Outra característica dessa categoria é que os termos descrevem coisas de forma mais genérica. Justamente por serem tão abrangentes, as short tail possuem um alto volume de busca. Alguns exemplos são:

  • marketing digital;
  • computadores usados;
  • moda masculina.

Long tail

No outro extremo temos as palavras-chave long tail, termo que significa literalmente “cauda longa”. Mais uma vez o nome já é bastante intuitivo, não é? As long tail são um pouco mais longas, com mais de três palavras, e que atendem a uma demanda específica de busca.

Em outras palavras, as long tail são variações das pesquisas mais simples. Ou seja, são os termos utilizados pelo usuário para realizar buscas mais distintivas, garantindo maior eficiência. Vamos a alguns exemplos:

  • cursos de marketing digital;
  • computadores usados em boa condição;
  • tendências de moda masculina no verão.

Entretanto como escolher a palavra-chave perfeita?

Para ajudá-lo nessa missão, preparamos um pequeno passo a passo. Confira abaixo.

1. Destaque termos relacionados ao seu negócio

Imagine que o seu negócio seja uma loja de colchões que deseja promover uma linha premium, voltada para pessoas quem sofre com dor nas costas.

Criar um post que explique as possíveis causas das dores nas costas e citar, entre outros fatores, a importância de escolher o colchão correto, seria uma ótima forma de atrair seus clientes, certo?

Para isso, é preciso escolher uma palavra-chave que aborda a questão principal: as causas das dores nas costas. Afinal, o usuário que você deseja alcançar não está pesquisando colchões, mas sim uma forma de resolver seu problema.

Ao escolher uma palavra-chave, portanto, é necessário verificar se o termo se relaciona com o seu negócio e com a persona, pois de nada adianta criar um conteúdo sobre um assunto e utilizar destaques que remetem a outro.

2. Coloque-se no lugar do seu público

Como você viu, o seu público é o ponto de partida na hora de escolher uma palavra-chave.

Coloque-se no lugar da sua persona e tente entender quais termos eles procurariam nos buscadores, analisando quais são mais viáveis para o seu conteúdo.

Mas atenção: esse entendimento deve ser baseado em dados concretos, e não em achismos.

Por isso, analise a fundo o perfil dos seus clientes, compreendendo suas dores, anseios e características pessoais.

3. Seja específico

Evite utilizar termos genéricos e seja direto na escolha das palavras-chave. Lembre-se que, para converter os visitantes em leads, é preciso se destacar da concorrência e alcançar usuários qualificados.

Ao utilizar termos precisos, você evita o desinteresse do público pelo seu conteúdo e alcança exatamente aquele usuário que mais se interessará pelo que você tem a dizer — e, consequentemente, que está mais propenso a realizar uma compra.

4. Pesquise os concorrentes

Não é novidade pra ninguém que o mercado de trabalho está cada vez mais acirrado, e isso inclui quem investe em estratégias de marketing digital.

Por isso, é preciso pesquisar seus concorrentes e ficar de olho nas palavras-chave que eles estão utilizando.

Ao analisar a concorrência, além de descobrir quais termos usar para se destacar, você verá também o que não está sendo usado, abrindo oportunidades para que algumas novidades da sua área sejam exploradas.

Quais são as principais ferramentas e como utilizá-las?

Parece difícil escolher a palavra-chave correta para seu conteúdo?

De fato é uma tarefa que requer extrema atenção, já que seu sucesso é determinante para o sucesso de toda a estratégia de marketing digital.

Existem ferramentas que auxiliam na busca de keywords e fornecem insights preciosos para seu planejamento.

Como em todo processo estratégico, esse feedback é fundamental para analisar sua atuação e fazer alterações, se forem necessárias.

Para facilitar seu trabalho, separamos e explicamos cinco ferramentas de pesquisa de palavras-chave. Confira.

1. Sem Rush

Essa é considerada por muitos uma das plataformas mais completas, que fornece insights tanto sobre palavras-chave quanto sobre concorrentes.

Com o Sem Rush é possível, além de pesquisar keywords, identificar seus principais competidores e saber quais termos levam mais visitas para cada site.

A plataforma também permite que você saiba quais palavras-chave seus concorrentes compram no Google Ads, quanto investem por mês e o volume de tráfego alcançado com esse investimento.

Ao utilizar o Sem Rush você tem a possibilidade de monitorar de perto todas as posições de busca do seu site e do site de seus concorrentes. Isso permite que a estratégia de marketing digital seja planejada de modo a melhorar o ranqueamento de sua página em relação às concorrentes.

2. Google Keyword Planner

O planejador de palavras-chave do Google é uma das ferramentas mais amplamente utilizadas. Além das funcionalidades básicas, essa ferramenta permite que os anunciantes formem grupos de anúncios, agrupando os termos por similaridade.

A ferramenta também oferece estatísticas para cada termo, incluindo volume de pesquisa e custo médio por clique. O uso do Keyword Planner é recomendado especialmente nas fases iniciais da estratégia, mas deve ser preferencialmente complementado com o uso de outras ferramentas.

3. Autocompletar do Google

Essa é uma maneira simples de pesquisar palavras-chave que todo internauta já utilizou ao menos uma vez. Sabe quando você digita uma expressão na busca do Google e o próprio site sugere termos para completar seu texto? Essas sugestões não são feitas à toa.

O algoritmo de preenchimento automático tem como base alguns fatores, como o volume de buscas recentes de cada expressão. Esse dispositivo é especialmente útil na pesquisa de palavras-chave long tail baseadas em um ou mais termos. Digite a palavra principal no buscador e observe as pesquisas relacionadas.

Uma dica para aumentar a variedade dos resultados é digitar cada letra do alfabeto depois da expressão principal. Além disso, você pode simplesmente colocar um espaço antes da palavra-chave e obter ainda mais resultados.

4. Übersuggest

Essa ferramenta utiliza dados do Google e outros sites de busca e é de alta utilidade, pois oferece palavras-chave que não estão disponíveis no Google Keyword Planner.

Ao digitar seu termo na plataforma e clicar em “suggest” você terá acesso a uma vasta lista de sugestões de keywords, organizada de forma alfabética. A organização da plataforma é um diferencial mas ela não deixa de ser considerada básica, sendo usada apenas para ampliar as opções disponíveis.

5. Keywordtool.io

Esse website também utiliza dados de sites de busca, como faz o Übersuggest, mas vai um pouco mais além. São até 750 sugestões por palavra-chave pesquisada, o que inclui opções de frases que contenham a palavra escolhida no início, meio ou fim.

O keywordtool.io está disponível em mais de 83 idiomas e abrange 129 domínios diferentes, possibilitando uma busca mais refinada e focada apenas em regiões do seu interesse. Essa ferramenta é uma ótima opção para busca de palavras-chave long tail.

Lembre-se: escolher a palavra-chave correta deve ser parte importante do seu planejamento de conteúdo e fará toda a diferença para alcançar o seu público. Sem ela, não há texto, interação e nenhuma prática de marketing digital bem sucedida!

Ao longo deste texto vimos a importância do uso de keywords e conhecemos as diferenças entre palavras-chave long tail e short tail.

Falamos também sobre o processo de escolha e apresentamos cinco opções de ferramentas que facilitam esse procedimento.

E você, gostou deste conteúdo sobre como escolher a palavra-chave perfeita? Quer saber mais informações desse tipo? Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo o que publicamos.

CTA Prejuízo de Não Estar no Google

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *